Casamento civil: conheça os tipos de união e a documentação necessária

Via Casar.com

Casamento civil: conheça os tipos de união e a documentação necessária

Além de pensar em cada detalhe da festa de casamento dos seus sonhos, é importante saber todos os itens exigidos para a realização da união civil. Para evitar imprevistos na hora de assinar os papéis, confira os tipos de união disponíveis no Brasil e saiba quais documentos você vai precisar apresentar.

Escolha o tipo de união

Vai ser preciso decidir se você e seu noivo querem que os bens do casal sejam todos divididos entre os dois, se preferem que tudo fique completamente separado, ou ainda acham melhor um caminho intermediário. Isso vai depender de cada relacionamento e da história de vida de cada um. Veja a característica de cada regime de comunhão de bens:

Comunhão parcial de bens:  Nela o que o cada um tinha quando solteiro continua sendo de cada um, o que for adquirido depois do casamento é de ambos. Se um dos dois receber uma herança ou doação, o bem não será dividido.

Comunhão universal de bens: não importa quando o bem foi adquirido, quanto custou ou quem comprou, tudo pertence ao casal, em iguais proporções. Se um dos dois morre, o parceiro fica com a sua metade e a metade restante é dividida entre os herdeiros.

Separação total de bens: caso ocorra a morte de um dos cônjuges, o sobrevivente receberá parte igual a dos filhos, não podendo sua cota ser inferior à quarta parte da herança. Caso deseje, os cônjuges podem fazer a divisão dos bens antes de morrerem para evitar brigas ou problemas na hora da partilha. Existem alguns casos em que este regime é obrigatório, por exemplo para quando um dos noivos é viúvo com filhos do cônjuge falecido e o inventário ou a partilha de bens ainda não tenha sido realizada; quando a mulher for menor de 16 anos ou tenha mais de 50 ou o homem seja menor de 16 ou mais de 60.

Documentação necessária

– Certidão de nascimento e cédula de identidade originais;

– Comprovante de residência original;

– Duas testemunhas – se o casamento for realizado fora do cartório, serão necessárias quatro testemunhas ao invés de duas. É necessário levar apenas o RG original.

Depois de providenciar os papéis, é necessário esperar por 15 dias. Este é o chamado período dos proclamas, estipulado por lei, para averiguação de possíveis impedimentos à união. Então, o oficial certificará no processo que os noivos estão habilitados ao casamento e dará um prazo de três meses para a sua realização. Se você perder a data, terá que recomeçar do zero.

Chá de panela com o tema Festa Junina

Chá de panela com o tema Festa JuninaJunho tem cara e sabor de Festa Junina,  se o seu chá de panela será comemorado neste mês tão festivo, vale a pena aproveitar e usar o tema para compor os detalhes da sua celebração.

Não precisa transformar o seu chá em arraial com fogueira, mas com um pouco de criatividade dá para acrescentar toques na decoração, na mesa de doces e no bar e até servir comidinhas típicas da data.

Solte a imaginação e se divirta com estas ideias:
cha-de-panela-festa-junina-01

cha-de-panela-festa-junina-02

cha-de-panela-festa-junina-03

cha-de-panela-festa-junina-04

cha-de-panela-festa-junina-05

cha-de-panela-festa-junina-06

cha-de-panela-festa-junina-07

cha-de-panela-festa-junina-08

cha-de-panela-festa-junina-09

cha-de-panela-festa-junina-10

cha-de-panela-festa-junina-11

cha-de-panela-festa-junina-12

cha-de-panela-festa-junina-13

cha-de-panela-festa-junina-13b

cha-de-panela-festa-junina-13c

cha-de-panela-festa-junina-13d

cha-de-panela-festa-junina-14

cha-de-panela-festa-junina-15

cha-de-panela-festa-junina-16

cha-de-panela-festa-junina-17

cha-de-panela-festa-junina-18

cha-de-panela-festa-junina-19

Inspirações via Casar.com 😉

Manual dos padrinhos e madrinhas de casamento

Crédito: Andressa Marinho/Divulgação

Crédito: Andressa Marinho/Divulgação

Os padrinhos e madrinhas possuem um papel importantíssimo no casamento e não é só de entrar no cortejo, hein? Não existe honra maior do que apadrinhar um casal apaixonado no dia mais importante de suas vidas. Imagina só a responsabilidade!

Existe alguma formalidade no convite? Qual traje ideal? O que significa ser padrinho ou madrinha de um casamento? Vou esclarecer tudo para vocês.

SIGNIFICADO | ESCOLHA

Os padrinhos e madrinhas são testemunhas da união celebrada, tanto religiosa, quanto civil. Sem dúvidas, o real sentido do apadrinhamento é um só: pessoas que acompanharam e continuarão acompanhando a vida do casal. Portanto, nada de conveniência. Esqueçam aquelas pessoas sem noção que se convidam para serem padrinhos, mas que mal conhecem a relação de vocês. Não se deixe levar por intuito financeiro. Pois o maior presente que poderão receber nesse momento são as boas energias e de alguém que realmente deseja o bem de seu casamento.

O CONVITE

Além do convite impresso, não esqueça de convidar pessoalmente seus padrinhos. Que tal um jantar? Muitos noivos optam por reunir todos os casais de padrinhos numa única oportunidade, proporcionando um momento de descontração e interação entre eles. Imagina a farra?!

TEM QUE TER PRESENTE?

Não necessariamente. De uns anos pra cá é comum o convite ser feito junto com um mimo, mas isso não é obrigatório. O essencial é que o convite seja feito de coração, e assim seja retribuído!

PADRINHOS CASADOS X PADRINHOS SOLTEIROS

“Quero chamar meu amigo, mas não sou amiga da sua esposa”. “Queria chamar minha amiga solteira pra entrar com o outro amigo solteiro”. Tudo é possível. Mas cuidado com possíveis saias justas. Amigos(as) casados(as) podem ficar constrangidos em não entrar com seu respectivo par. Por isso, antes formar os casais, converse com seus amigos e evite problemas.

Crédito: Bosquinho Lacerda/Divulgação

Crédito: Bosquinho Lacerda/Divulgação

OBRIGAÇÕES

Confira  algumas obrigações básicas dos padrinhos e madrinhas:

– Obedecer a recomendação dos trajes específicos para ocasião (geralmente descritos no convite e reiterados pelo cerimonial antes do casamento);

– Madrinhas devem evitar a cor branca, preta e roupas muito sensuais (principalmente se o casamento for na igreja). Excepcionalmente, algumas noivas liberam as madrinhas para usarem essas cores, mas nesse caso , é solicitado previamente.;

– Ser pontual;

– Organizar as festinhas pré-casamento (chá, despedidas, etc);

– Participar dos preparativos sempre que solicitados no intuito de somar, tornando inesquecível cada escolha;

Crédito: Rodrigo Castro/Divulgação

Crédito: Rodrigo Castro/Divulgação

– Estar animado no dia do casamento, contagiando os demais convidados;

– Ajudar os noivos no que for preciso, como retirar o véu, amarrar a cauda do vestido, lanchar com os noivos, garantir que bebam muita água e estejam 100% até o fim da festa;

– Tirar muitas fotos, e curtirem juntos até o fim;

– E claro, depois do casamento, manter o companheirismo. Acompanhar a vida a dois do casal, sempre torcendo, aconselhando e estando presente com sua amizade.

MÚSICAS MAIS TOCADAS

Quer sugestão de músicas para o cortejo dos padrinhos? A Orquestra Bravo de Alexandre Lemos selecionou 5 clássicos que são muito pedidos para esse momento tão especial!!

  • Marcha Militar – Schubert

 

  • Canon- Pachelbel

  • Polainese Militar – Chopin

 

  • The Greatest love of all – Whitney Houston

 

  • Here there and everywhere – The Beatles


Já se emocionou? Se sim, o intuito era esse mesmo.

Crédito: Rodrigo Castro/Divulgação

Crédito: Rodrigo Castro/Divulgação

Padrinhos e madrinhas não são por um dia, mas sim para toda vida. Escolha com o coração e tenha MUITO amor durante toda essa caminhada. Espero ter ajudado!